Há momentos na vida que a luz nos toca de outra maneira. A D- Clotilde ensina-me que ‘a vida é bela e que nós é que damos cabo dela’.

No Ano Europeu do Envelhecimento e das Relações Intergeracionais, o Bairro do Amor é uma co-parceria da Lifestories  e da Cidade na ponta dos dedos, Luís Monge e Pensão Amor.

Pin it
Pin it

Nas palavras da Lifestories, que atearam o milagre do fogo para este post existir e começar a tomar forma, e com base na Pensão Amor, com o projecto sem fins lucrativos ‘O Bairro do Amor’, a ideia das fundadoras Isabel Saldanha, Maria João Marques e posteriormente Rita Saldanha, dá a conhecer a história do Cais do Sodré através das pessoas que gravitam em torno da Pensão, antigos hóspedes, moradores e comerciantes.

E não estivéssemos nós no bairro certo para descobrir amarras e afectos, empatar anzóis e memórias, reconstruir desembarques e embarcar nos desejos. Prometemos lançar iscos e recolher emoções, devorar carcaças de presunto e queijo, revelar cicatrizes e seduzir nas esquinas, calcorrear becos, deambular nos balcões. Prometemos dar vez e voz a quem quer contar as suas histórias e vertê-las em inesperadas declinações plásticas e culturais.

Pin it
Pin it
Pin it

Já nos apaixonámos pela D. Domitília, pelo Joãozinho e pelo Fernando. Era uma vez. Vão ser muitas vezes’.