Livro que estava na fila há já 40 dias, finalmente vou leva-lo para me acompanhar numa viagem ao Norte.

A Baixa Pombalina, o coração da cidade de Lisboa, é um conjunto arquitectónico monumental de excepção. Foi classificado em 1978, mas desde então não foi adoptado nenhum Plano de Conservação e Restauro. Esta obra começa com uma breve descrição da evolução da cidade, desde a Antiguidade até ao presente, em particular a sua área central. O terramoto de 1755 destruiu uma grande parte da cidade com origem medieval. O Plano de Reconstrução de Lisboa, um exemplo do Urbanismo Iluminista do século Dezoito, estabeleceu um novo traçado urbano regular e ordenado, e uma nova arquitectura. As características e os problemas que este conjunto apresenta hoje em dia são objecto de uma análise pormenorizada. Um quarteirão representativo é objecto de estudo, e num dos seus lotes é feito um levantamento e análise mais detalhados. A abordagem da Conservação da Baixa Pombalina é dirigida para os principais aspectos relativos à futura elaboração dum Plano. São apresentadas sugestões para desenvolver o processo de Reabilitação: a realização de um Relatório como uma base essencial para fornecer informação organizada; um enquadramento legal apropriado para implementar o processo; recomendações gerais para dar resposta aos problemas mais urgentes. Várias hipóteses são apresentadas e discutidas para serem tomadas em consideração num futuro Plano de Conservação, que se deseja possam ser uma contribuição útil.

Mais aqui.

esta plataforma Atlântica no facebook está aqui