Dentistas do meu pais se me estão a ler preciso da vossa ajuda. A Gabriela é uma senhora de alma grande, que teve a dignidade de tomar conta da filha da melhor amiga, quando esta partiu deste mundo no parto. Passou a ter mais uma filha, que não era sua biologicamente mas tratou-a sempre como tal. A Gabriela recebeu uma bébé com apenas 3 dias, que os irmãos biológicos não puderam nem quiseram ficar . O pai biológico viajou para sempre a Mãe Gabriela ficou a tomar conta da bébé da amiga que tinha partido deste mundo.

Há cerca de 10 anos a Gabriela começou a perder dentes, por impossibilidades de visitar um dentista regularmente, e quanto havia essa possibilidade a prioridade eram as suas duas meninas, Yolanda a sua filha biológica e Teresa, a bébé que decidiu tomar conta.

Com ajuda da Segurança Social e Centro de Saúde ainda conseguiram iniciar um tratamento, chegou a extrair algumas raízes, mas entretanto esse tipo de ajuda a pessoas carenciadas terminou, e a Gabriela ficou sem poder continuar o tratamento.Hoje ela não tem um único dente.

Há cerca de 2 anos foi-lhe diagnosticado Lúpus, o que a limita em termos de alimentação e estilo de vida e no início do ano passado a Gabriela foi atropelada, rachou o fémur em três sítios. Foi operada, levou parafusos, recuperou bem, mas ainda não se sente capaz de largar as canadianas.

A Gabriela não teve uma vida fácil, e soube um dos seus desejos era poder voltar a sorrir. Por isso peço a quem me estiver a ler se conhecem alguém que a possa ajudar a voltar a sorrir de novo, que me contacte pelos comentários ou para o meu e-mail no cabeçalho desta plataforma.

esta plataforma Atlântica no facebook está aqui