Pin it

Quem sobe e desce a Calçada do Combro já se deve ter questionado que arvores abanam com a brisa, na cobertura do Silo. Foi no Park que planeei a festa de um ano desta plataforma Atlântica e lançamento da edição especial que a Sovina fez para festejar um ano de vida a divulgar o melhor de Portugal.

Mais de 300 convites feitos à mão (como gosto de escrever sempre a tinta permanente), todos no correio às 20h, quando às 20h30 recebo um telefonema de um dos sócios a dizer que afinal não tinham licença de abertura e que o meu evento para imprensa parceiros e convidados já não poderia acontecer na data de dia 2. Restou-me ir beijar o carteiro dos Restauradores na testa e implorar que os convites não seguissem. E alguns não seguiram. Quem me segue mais de perto sabe o desafio familiar que atravesso, e que uma carga a juntar a tanto hospital numa destas era tudo o que eu não precisava, mas felizmente tenho fibra para dar e vender perante os desafios reajo rápido e foco-me na solução. Tristezas não pagam irresponsabilidades, por isso resolvi com grande pinta o pesadelo porque passei na semana passada. Sempre fui uma mulher de soluções e em apenas 2 dias arranjei um novo local, imprimi de novos os convites e escrevi-os de novo à mão, à antiga como faço sempre. Ofereci uma intenção por cada pessoa a quem repeti o convite, por isso se a vida vos correr melhor já sabem…  ;-)

Mas confesso-vos, achei que endoidecia… felizmente passado uma semana, o meu evento acabaria por ser um sucesso. Ainda com energia limitada pela avalanche de trabalho e esforço deitado pela janela fora, prometo voltar de de fim-de-semana cheia de energia para vos partilhar a atmosfera da festa do primeiro ano desta morada e lançamento da edição especial da cerveja artesanal Sovina, criada para homenagear Portugal E festejar um ano de cidade na ponta dos dedos.

Sobre o Park, como devem imaginar tenho um certo desencantamento pelo vivi na semana passada, mas se há coisa que a vida me ensinou é a ser nobre também com aqueles que não estiveram à altura da nossa entrega. Acredito que o Pedro e o Ricardo ofereceram um espaço lindíssimo a Lisboa. E como disse a um deles hoje ao telefone, não sou de guardar rancores. E gosto deles… topa-se à distância que são boas pessoas.

O Park que esta dupla de amigos criaram com a criatividade e talento da Joana Astolfi é uma morada única , onde é suposto chegar livre de alma e se possível de havaianas e areia nos pés. Promete uns hambúrgueres saborosos e uns bons copos de fim de tarde, sobre uma das melhores vistas de Lisboa. E no final da história, jamais esconderia esta pérola aos meus leitores não partilhando, uma das moradas que acredito ser uma das maiores relevações deste ano na nossa linda cidade. Obrigada Pedro e Ricardo pela  de o conseguirem ter aberto ainda no Verão. Mais aqui.

Pin it
Pin it
Pin it
Pin it
Pin it

Park
Silo da Calçada do Combro a Santa Catarina
Calçada do Combro 58, Lisboa
facebook aqui