Pin it

Com várias viajantes dentro de si, reconheço Lisboa mulher, hoje menina no Descobrir desta semana. Porque a minha cidade “obedece aos impulsos do seu coração feminino, com uma enorme necessidade de amar e ser amada”, a sua fusão com as histórias do mundo, partilha tesouros que enaltecem o lado cor-de-rosa da capital. Na extensão do feminino, ainda uma passagem sempre obrigatória, pela cidade luz.

crónica publicada a 17 de Abril de 2009 no jornal Meia Hora