Pin it

Se a Cleopatra ou mesmo Maria Antonieta partilhassem os tesouros de uma pele exemplar acreditaria que seriam da mais consistente marca de cosméticos Gernétic. Com uma gaivota no logotipo, roubado ao filme Jonathan Livingston Seagull, Albert Laporte ilustra a simplicidade a filosofia que tanto tem defendido ao longo da sua carreira: o ser humano existe para aprender e deixar uma herança de conhecimento. Tudo por um toque mais puro.

crónica publicada a 21 de Maio de 2009 no jornal Meia Hora