Pin it

No rasto do menino dourado
Poderia faze-lo apenas pela Tarte Tatin de abóbora, com requeijão e nozes criada pelo Chakall. Mas se já havia razões para rasgar o eixo Norte-Sul, atrás de um dos restaurantes melhores de Lisboa, a partir de agora não há qualquer razão para dúvidas. Estaladiço de requeijão com pinhões, manjericão e mel, sobre aveludado de tomate, doce de damasco e perfumado com iogurte e cebolinho. Robalo do mar crocante sobre migas de batata, puré de alho francês, compota de pêra e tomate confit ou uma Perdiz em duas maneiras, com puré de castanhas, cogumelos estufados e molho de vinho tinto. Ainda um pudim Abade de Priscos com espécie de lemom curd crocante de amêndoa e redução de Porto doce. Foi com esta ementa que Igor Martinho, chefe executivo do restaurante Quinta dos Frades venceu a vigésima edição do concurso Chefe Cozinheiro do Ano 2009. Depois de ter estagiado com Martin Klein no Hangar 7 em Salzburgo, o chef de apenas vinte e cinco anos alargará ainda mais os horizontes da sua criatividade no restaurante Noma, em Copenhaga, onde irá estagiar durante um mês. E porque estamos em época de excessos, não perca mais tempo e renda-se a este tesouro escondido, com tudo o que tem direito. A sensualidade da cozinha do chefe do Mundo e a coragem do menino dourado merecem.
Quinta dos Frades
Rua Luís de Freitas Branco, 5D Lisboa
Tel. 21759 8980
www.quintadosfrades.com
Seg a sex 12h30 às 15h30, Seg a Qui 19h30 às 23h30 e Sex e Sáb 20h – 01h

Quando o casamento é perfeito
O Arola tem a mais bonita club sandwich do Mundo e um dos mais apetecíveis brunchs do fim-de-semana. Palco da recente apresentação do Coffee Codex, uma ideia genial da Nespresso, um guia completo para a degustação profissional do café e a arte de o combinar. Ao criar o Coffee Codex, o co-autor, Giuseppe Vaccarini, estudou as diferentes tipologias com 12 reconhecidos sommeliers internacionais, seleccionando o Grand Cru como o que melhor correspondeu às suas próprias personalidades, quando combinado com alimentos, bebidas ou chocolates. Na degustação a experiência foi sublime, quando o chef Fauto Airoldi nos deu a provar uma harmonização de café uma telha de amêndoa com gelatina de mel e espuma de bolacha Maria com o Leggero da Nespresso. Dirigido principalmente aos sommeliers profissionais, o Coffee Codex foi concebido para lhes permitir alargar os seus conhecimentos sobre café e orientá-los de modo a proporcionarem experiências aromáticas únicas, além de um amplo leque de combinações com todos os alimentos e bebidas. A metodologia de degustação estruturada passa pelas sensações da visão, do olfacto, a finalizar no gosto que permite avaliar o sabor amargo, a acidez e a persistência do café. A ideia nasceu para inspirar os chefs mais ousados e promete surpreender as cartas mais irreverentes dos restaurantes da cidade.
Coffee Codex Nespresso
www.nespresso.pt
Arola
Penha Longa Hotel, Spa &
Golf Resort
Estrada Lagoa Azul, Linhó, Sintra
Tel. 21 924 9028
www.penhalonga.com
Almoços todos os dias do 12h – 19h30 e jantares de Qua a Dom 19h30 – 2h00

O chef que elogia a cidade
Longe de precisar de constar em alguma lista da década, o autor de um dos restaurantes mais  movimentados da capital, partilha as suas receitas de sempre, num livro apetecível que marca dez anos da carreira. Folheando as páginas cheias de sugestões sofisticadas mas sempre familiares, recordo na memória dos dias, o primeiro restaurante do Olivier no Castelo. O chef enaltece a capital há bem mais de dez anos e porque a cidade é contínua nascerá já em 2010, um novo conceito, que pela descrição tenho a certeza de que será mais um elogio a Lisboa.
Olivier 10 anos
Editorial Presença
www.restaurante-olivier.com
www.presenca.pt
€30

crónica ‘Pelas ruas da cidade’ publicada na edição de Janeiro de 2010 na GQ