Fotografia TotalPin it

Quando a IKEA me convidou para descobrir moradas de empreendedores inspiradores da cidade, não hesitei em aceitar. Pertenço a uma família de antiquários e os móveis antigos, limpos com espanador nos museus, sempre foram usados como móveis da casa. O contraste é grande, e hoje vivemos na senda do ecletismo, onde a antiguidade se pode misturar sabiamente com objectos mais simples, numa tentativa perfeita de uma dança de estética, aliada à praticabilidade da velocidade dos dias.

Habituada a andar pelas ruas da cidade com um grande farol, irei por isso, a convite da IKEA, partilhar ao longo de quatro semanas, quatro moradas da cidade que, importantes para a dinâmica do movimento urbano, sejam também testemunho desta marca sueca que simplificou para sempre os interiores portugueses.

Se vos disserem que quem vê caras não vê corações, não acreditem. Por aqui, de casa e de coração renovados, decidimos comemorar o novo início com a presença de uma nova cara. Amanhã, será a estreia da participação de Sancha Trindade no blog da IKEA, com palavras de uma cidade na pontados dedos. Durante quatro semanas, vamos partir dos olhos da Sancha para viver, um pouco mais, lugares de novas memórias e pormenores a não esquecer.

Mais aqui.