Village Underground Lisboa 1Pin it

A Mariana Duarte Silva falava há tempos da sua vontade de trazer para Portugal o Village Underground. E o que a moveu, foi sempre a inerente promoção da  produção cultural e da criatividade, ao mesmo tempo que se promove o património e a memória histórica, não apenas dos transportes públicos (ao serem reutilizados) e dos contentores marítimos (imagem típica de uma Lisboa portuária), mas também da imagem da cidade.

Parece que foi ontem que escrevi sobre a Mariana e a sua capacidade perseverante de sonhar e implementar e dois anos depois, a conhecida Madame da praça lisboeta oferece a Lisboa um conceito que nasceu em Londres, o Village Underground . Muito pela sua vontade, o coração do VU Lisboa já bate na Estação de Santo Amaro, na morada onde está também o Museu da Carris (sua parceira ao lado da CML neste projecto irreverente)  e onde agora pulsa a plataforma internacional para a cultura e para a criatividade, que existe em Londres desde 2007 e que também está em construção em Berlim.

Village Underground LisboaPin it

O VU Lisboa divide-se em em dois espaços distintos: um espaço de trabalho e um espaço cultural.

Os ateliers de trabalho são montados numa estrutura de contentores marítimos e autocarros desactivados da Carris (parceira neste projecto com a CML), tratados e preparados para serem ocupados por profissionais de indústrias criativas com uma renda de €150/mês com wifi e electricidade incluídas. Em Lisboa, nesta primeira fase de construção, o VU tem já  60 lugares disponíveis, distribuídos por 14 contentores marítimos e autocarros de dois andares.

O espaço cultural será um espaço multi-funcional, palco de concertos, exposições, teatro, conferências, em co-produção com o VU Londres, servindo igualmente de plataforma de promoção dos próprios artistas que habitam e circulam entre VU Londres, Lisboa e Berlim. E aqui rasgo um sorriso, já que se devolve à comunidade, para difusão e dinamização culturais um espaço que estava escondido da cidade.

Este novo palco lisboeta, guarda não apenas espectáculos de música, mas também adaptável a outras manifestações culturais como palco de teatro, cinema, exposições ou, espaço de conferências, mas também uma missão social, junto de jovens com um passados delicados, assim como em ideias ou projetos artísticos emergentes e que normalmente não obtêm acolhimento noutro tipo de espaços culturais. A missão estende-se ainda  a profissionais estrangeiros a residir em Portugal temporariamente que deste modo se juntam aos residentes habituais do VU, trocando assim experiências, recursos e capacidades mútuas.

Tenho muito orgulho na Mariana e na sua capacidade desafiante de fazer acontecer o seu sonho. Por isso lhe rasgo elogios e agradeço o seu testemunho de perseverança em ‘fazer acontecer’ a nossa cidade. :-)

Village Underground Lisboa
Tel. 916 268 941
www.villageunderground.co.uk
www.madame-management.com
facebook aqui

Village Underground Lisboa 4 © Roberto OliveiraPin it
Village Underground Lisboa 3 © Roberto OliveiraPin it
Village Underground Lisboa 3Pin it
Village Underground Lisboa 14Pin it
Village Underground Lisboa 15Pin it
Village Underground Lisboa 2