A agenda atropela-me constantemente. E o restaurante Cruzzeria Lisboa com morada no número 9 da Calçada do Ferragial, ao lado do Largo do Corpo Santo, ficou por falta de tempo em lista de espera injustamente, já que foi das experiências mais surpreendentes que tive nestes últimos tempos. Já tinha em óptima conta este novo espaço de Lisboa, nas margens do Cais do Sodré, mas quando vamos a esperar muito e ainda assim somos surpreendidos, graças ao talento do chef Miguel D’ Orey é caso para dizer que pena ter adiado a visita.

My schedule constantly overwhelms me. And Cruzzeria Lisboa restaurant, located at number 9 of Calçada do Ferragial, near Largo do Corpo Santo, was unfairly left on waiting list due to lack of time, considering it was one of the most surprising experiences I have had in recent times. I already held this new Lisbon space, on the banks of the Cais do Sodré, in great account, but even when after a long wait and still we are surprised, thanks to the talent of the chef Miguel D ‘Orey, it’s fair to feel sorry for having postponed the visit.

cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade23Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade28Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade25Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade29Pin it

O espaço marcante pela sua vibração Paulista (foi o que senti) foi projetado pelo atelier PHDD Arquitetos, com construção a cargo da Fas – Construção e iluminação Joana Forjaz Lighting Design (sou fã fã do trabalho da Joana), é de linhas simples, com predominância da madeira e respeitando os elementos que já existiam, com especial destaque para os arcos em pedra característicos da zona, contando também com uma intervenção do artista português Martinho Pita. O design e imagem foram assegurados pela WSA. Eu adorei a parede de tijolo pintada de cinza claro.

 

The striking space by its Paulista vibe (that’s what I felt) was designed by PHDD Arquitetos studio, with construction by Fas – Construção and lighting by Joana Forjaz Lighting Design (I am a huge huge fan of Joana’s work), shows simple traits, with predominance of wood and respecting the elements that already existed, with special emphasis on the stone arches which are characteristic of the area, also counting on an intervention of the Portuguese artist Martinho Pita. The design and image have been assured by WSA. I loved the brick wall painted light gray.

cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade27Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade26Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade24Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade22Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade21Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade6Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade37Pin it

A cozinha é orquestrada pelo Chef Miguel D’Orey, com experiência nacional e internacional, com passagens por Londres, Barcelona e Oslo. A experiência de autor, faz uma osmose entre a comida crua, com influências Asiáticas e Latino-Americanas, de onde se destacam os Tártaros e os Ceviches, mas também as Pizzas, feitas em forno a lenha e de massa fina. A acompanhar uma carta de cocktails originais, não esquecendo alguns clássicos, bem como uma carta de vinhos que percorre as principais terras vinícolas de referência em Portugal.

Eu adorei este restaurante. Mesmo. Não só porque adoro Tártaros e Ceviches, mas porque adorei o ambiente. Além de estar numa zona em que a pé podemos beber um copo a seguir, há ainda a celebração a pizzas de qualidade num ambiente sofisticado e puro onde a simplicidade se consegue elevar com sentido de Mundo. Descrubra mais sobre a Cruzzeria aqui.

 

The cuisine is orchestrated by Chef Miguel D’Orey, with national and international experience, having worked in London, Barcelona and Oslo. The chef´s experience creates an osmosis between raw food, with Asian and Latin American influences, where Tartars and Ceviches stand out, but also Pizzas, made in a wood-fired oven and in a thin crust style. A menu of original cocktails keeps it company, not forgetting some classics, as well as a wine list that covers the main wine producing regions of Portugal.

I loved this restaurant. I really did ! Not only because I love Tartars & Ceviches, but because I loved the environment. Not only are we in a place where we can just stand and drink a glass of wine, there is also a celebration of quality pizzas in a sophisticated and pure environment where simplicity can arise with a sense of World.

Find out more about Cruzzeria here.

cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade15Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade18Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade7Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade20Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade16Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade19Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade17Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade31Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade12Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade14Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade2Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade11Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade13Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade10Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade5Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade8Pin it
cruzzeria-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade3Pin it

© photos Francisco Bahia Nogueira e Sancha Trindade