Parece que é oficial. O bairro de Santos está a tornar-se no toque de Midas dos brunch’s de Lisboa. O Escalfado nasceu na Rua do Merca-Tudo, onde outrora respirava um dos clássicos de Lisboa. A sua mentora? Ana Lopes, depois de dez anos a viver em Londres, quis regressar e abrir este projecto e depois de muito procurar teve o bom gosto e a ousadia de escolher esta morada, que tem uma localização pouco obvia, mas que respira Lisboa por todos os lados.

A Rua do Merca-Tudo é um desafio por ser meio escondida aos viajantes da cidade, mas em início de conversa aviso já de que a qualidade dos ingredientes, as receitas e o amor com que tudo é feito vale bem a descoberta do esconderijo. E é de achados pouco óbvios que queremos agora em Lisboa, não é?

Looks like it’s official. The neighbourhood of Santos has brought the Midas touch to Lisbon’s brunch scene. Escalfado (meaning “Poached”) was born in the Rua do Merca-Tudo, which in times gone by hosted another of Lisbon’s classics. Its mentor? Ana Lopes, who after ten years living in London, wanted to return and launch this project. After much searching she had the good taste and the daring to choose this address in an unlikely location – but one that screams Lisbon.

The Rua do Merca-Tudo is a challenging location that is not that well tread by visitors to the city, but the quality of the ingredients, the recipes and the love with which everything is done is well worth the voyage of discovery to find its hiding place. After all, these precious, discreet finds are what we want now in Lisbon , are they not?

escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-2Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-15Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-16Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-21Pin it

As portas abrem-se com cuidado, afinal era o Merca-Tudo. Entrei curiosa pelas memórias que tinha de um dos clássicos de Lisboa. Humilde, Ana move-se delicadamente, enquanto aprende, ao mesmo tempo que impressiona, quem descobre o Escalfado. Como uma vizinha de longa data (não fosse este o meu bairro e nós duas mulheres do Mundo) conta-me sobre os seus anos em Londres.

Walking in, you can´t help but open the doors open with care – after all, this space used to host the Merca-Tudo. I entered,  curious about my own memories of one of Lisbon’s classics. Ever humble, Ana moves delicately, always learning something new about how Escalfado impresses its visitors. As a long-time neighbour (it is after all my neighbourhood and we two women of the World) she tells me about her years in London.

escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-26Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-11Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-22Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-4Pin it

O seu percurso dedicado à arquitectura sente-se na reconstrução destas paredes. Aqui elogia-se o minimalismo, o património da cidade e não há espaço para tempos vividos sem estar ‘muito’ onde estamos. Vive-se Lisboa em pleno com a presença do mármore, dos azulejos, e do arco em pedra que divide a entrada que nos transporta para uma antiga mercearia de bairro, não fosse esta uma morada onde regressamos às origens. Lembra-se da Lisboa do antigamente? Sim, essa mesmo, a mais desejada do que nunca? Agora misture-lhe alguns candeeiros estratégicos da Patrícia Lobo, umas cadeiras despojadas desenhadas pela Branca Lisboa e um mobile, pendurado no teto, da autoria da Handmade. O melhor de dois mundo, o património preservado com alguns toques de criatividade nacional.

Her journey,  dedicated to architecture, is echoed in the reconstruction of these walls. The venue is an ode to minimalism as well as the heritage of the city, with a real sense of place that does not escape any visitor. Lisbon is celebrated in full with the presence of marble, tiles and a stone arch that divides the entrance that takes us to an old neighbourhood grocery store. Does it stir memories of the Lisbon of old? Yes, the Lisbon we hark after more than ever. Now mix in some strategically placed lighting by Patrícia Lobo, stripped down chairs designed by Branca Lisboa and the hanging feature on the ceiling by Handmade LX – the best of two worlds preserved with some unique touches of national creativity.

escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-20Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-6Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-7Pin it

A missão do Escalado é servir brunch’s durante todo o dia, mas também há almoços e pratos do dia que elogiam os sabores portugueses influenciados pelo Mundo. O café é uma especialidade e ou muito me engano, ou este vai ser um dos próximos hits da cidade. Fauna e Flora, Comoba e agora o Escalfado, é ou não é o triangulo dourado dos brunch’s cool de Lisboa? Junte-lhe o Hello Kristof, o My Dear Breakfast e O Botânista, parece assim a Meca das melhores manhãs da capital.

Escalfado’s mission is to serve brunch throughout the day, although there are also lunches and dishes of the day that celebrate Portuguese flavours influenced and inspired by the World. Coffee is a house speciality and either I’m wrong, or this is going to be one of the next hits in town. Fauna and Flora, Comoba and now Escalfado – is this or is it not the golden triangle of Lisbon´s cool brunch scene? To this list I can add Hello Kristof, My Dear Breakfast and the Botânico, it all feels like the Mecca of the best mornings in the capital.

escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-18Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-5Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-10Pin it

Com uma cultura East London, não me espantava que esta fosse uma morada para ser ponto de encontro de viajantes de Mundo para tertúlias criativas na cidade. Ana viveu dez anos em Londres e foi lá que começou, juntamente com o amigo chef Musa Francis, a construir o menu que agora Mariana Claro põe em prática na cozinha todos os dias.

A ideia inicial era uma padaria, bem à moda londrina onde se pode estar o dia todo. A padaria alcançou outro conceito, mas a ideia de poder comer tudo do menu a qualquer hora do dia mantém-se. A orquestra da cozinha é ditada por Mariana Claro, que com apenas 27 anos, já passou pelo restaurante Feitoria, Bica do Sapato e D. Quitéria. O mote é lançado por sazonalidade, produto, origem e liberdade. E vejamos o exemplo da maravilhosa tosta de abacate, que só é servida quando há abacates portugueses, uma preocupação com produtos locais e sazonais aliada à noção das consequências que a produção de abacate tem na América do Sul.

Nas minhas provas, entreguei-me às panquecas. Há uma de aveia, mas a mais gulosa é a de ricotta, que leva duas nozes de manteiga a derreter e só provando para perceber a delicadeza. A torrada com cogumelos salteados, com ovo escalfado (claro!) lascas de parmesão é também deliciosa. Também adorei os sumos: o Green Overdose com aipo, ananás, maçã e hortelã e o Red que tem como base a beterraba com maçã, cenoura e gengibre. Nos bolos do dia provei o Bolo de laranja e amêndoa que era maravilhoso e nas sobremesas há uma que me despertou a curiosidade, que é o Creme brulée masala chai, a provar numa próxima visita.

With an East London culture, I was not surprised to see this address becoming a meeting point for World travellers and creative gatherings in the city. Ana lived in London for ten years and it was there that she started, together with her friend chef Musa Francis, to build the menu that Mariana Claro now puts into practice in the kitchen every day.

The initial idea was a bakery, in the London fashion, where you can be and eat all day. The bakery concept evolved but the ability to eat everything from the menu all day remains. And the customer is king, for the mission is to satisfy every whim at any time. The kitchen orchestra is conducted by Mariana Claro, who at the age of 27 has already passed through the kitchens of  the likes of  Feitoria, Bica do Sapato and D. Quitéria. The culinary creations are dictated by seasonality, product, origins and freedom. A good example is the wonderful avocado toast, which is served only when Portuguese avocados are in season- a concern with local and seasonal products allied to the notion of the consequences of the production of avocado in South America.

In my bid to sample the menu, I gave in to the pancakes, there is an oatmeal option but the most most indulgent is the ricotta, over which takes two lumps of butter melt slowly – only by tasting can you truly appreciate the delicacy. The toast with sauteed mushrooms, clear poached eggs and parmesan slices is also delicious. I loved the juices: the Green Overdose, with celery, pineapple, apple and mint, and Red, based on beetroot with apple, carrot and ginger. From the cakes of the day selection I tried the orange and almond cake, which was delicious, while from the desserts one in particular aroused my curiosity-  the Creme brulée masala chai, one for the next visit.

escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-13Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-14Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-3Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-24Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-copiyright-sanda-vuckovicPin it

Por isso já sabe, o bairro de Santos abriu as portas de um café-padaria-restaurante para tomar pequeno-almoço (torradas, croissants, pão com chocolate, panquecas) ou brunch o dia todo (tosta de espargos, tosta de cogumelos, baked eggs, smoothies de banana com manteiga de amendoim ou sumos que misturam frutas aos vegetais). Mas pode esperar também ser um sítio de almoço, onde pode provar Bacalhau escalfado, Bife com molho à escalfado, Pastéis de massa tenra de camarão com arroz de marisco e anis ou apenas um prato do dia rápido onde reinam pataniscas, ou o famoso Spaghetti à carbonara ou all’Amatriciana.

Se quiser pode passar apenas para beber café – nas lindíssimas salas ou na esplanada selada pelas cadeiras Gonçalo – café esse que viaja da Colômbia à Costa Rica, e que pode surpreender com outras moradas do Mundo. Para saborear com Bolo de de Figo, Bolo de Cenoura e Avelã ou imaginem só um Bolo de Chocolate sem farinha, daqueles que nos levita a imaginação. Já estão convencidos? É ou não é o bairro de Santos-o-Velho no seu melhor? Obrigada Escalfado por apesar de criarem o vosso lindo conceito respeitarem o património da minha, da nossa cidade.

So now you know, Santos has welcome the open doors of a bakery-restaurant for breakfast (toast, croissants, bread with chocolate, pancakes) or all day brunch (toasted asparagus, mushroom toast, baked eggs, banana smoothies with peanut butter or juices that mix fruits and vegetables). But you can also rely on it as a lunch spot, where you can try poached cod, steak with a poached sauce, sweet prawn pasta pastry with seafood rice and anise, or just a quick dish of the day where fowl reigns, or even the famous Spaghetti a carbonara or all’Amatriciana.

If you like, you can go just for coffee in the beautiful rooms or the esplanade, dotted by the Gonçalo chairs. Coffee that travels from Colombia to Costa Rica (or other worldly origins) and is to be savoured with Fig Cake, Carrot and Hazelnut Cake, or just imagine a flour-free Chocolate Cake of the that fills tickles our imagination. Are you convinced? Is it or is it not the neighbourhood of Santos-o-Velho at its best? Thank you Escalfado for creating your beautiful concept while respecting the heritage of the city.

escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-27Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-9Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-23Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-8Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-25Pin it
escalfado-a-cidade-na-ponta-dos-dedos-de-sancha-trindade-sancha-co-todos-os-direitos-reservados-12Pin it
© photos Sancha.CoSanda Vuckovic 

O que adorei
O estar bem escondido, a delicadeza das receitas e a preservação de uma espaço tão querido na história de Lisboa.
O que melhorava
Nada a aclamar ;-)

What I loved
Being well hidden, the delicate recipes and the preservation of a space so dear to Lisbon’s history.
What could improve
I have nothing to add :-) 

Escalfado
Rua do Merca-Tudo,4
+351  218 047  260
website . facebook . instagram

Para me seguir no instagram procure Sancha.Co
To follow me on instagram find Sancha.Co