Na sala do antigo Belcanto, José Avillez assina mais um ‘Canto’ do seu Chiado. Acabado de abrir e com curadoria artística de Ana Moura e António Zambujo, também sócios do projecto, esta será uma casa de jantar sim, mas também uma pequena sala de concertos. A experiência, essa não tenho uma única dúvida que vai ser única na cidade, porque junta um chef Michelin com dois talentosos artistas portugueses.

Tenho sempre esta questão com o Chiado, pois foi o bairro onde cresci e custa-me ver a sua deterioração, ultimamente com a partida da nossa querida Casa Pereira. Por isso aqui fica o meu elogio grata por haver almas visionárias que insistem em manter o cachet da marca da cidade e insistem no que de melhor temos, a nossa verdadeira identidade.

In the old Belcanto premises, José Avillez has given his name to another ‘Canto’ of his Chiado. Newly opened, and with artistic direction from fellow partners in the project,  Ana Moura and António Zambujo, this will be a dining room, but also a small concert hall. The experience, I have no doubt, will be unique in the city, bringing together a Michelin starred chef with two talented Portuguese artists.

I always have a particular interest  in Chiado, because it was the neighbourhood where I grew up and it is hard for me to see it changing for the worse. Most recently with the departure of our beloved and truly Portuguese ‘Casa Pereira’. So here I must express my grateful praise to those visionary souls who insist on maintaining the cachet of the city’s image and demand the best we have, our true identity.

Pin it
Pin it
Pin it

Num ambiente lindíssimo que me fizeram viajar aos objectos que atravessaram as décadas das nossas ultimas décadas, pensado pelo sempre genial Studio de Joana Astolfi, os petiscos e pratos portugueses, elogiam as salas de jantar de sempre, com a presença do serviço “Cozinha Velha” da nossa portuguesa Vista Alegre.

In a beautiful environment designed by Joana Astolfi’s always brilliant Studio that took me on a journey to objects that have crossed through recent decades, Portuguese snacks and dishes compliment the usual dining rooms, presented on the “Cozinha Velha” service, from Vista Alegre of Portugal.

Pin it
Pin it
Pin it
Pin it

O espaço é dos mais românticos e colhedores que vi testemunhar Lisboa nos últimos tempos, ideal para acolher o muito bem composto menu fixo. Com o valor de €75 por pessoa, sem bebidas – não se esqueça que está apagar um jantar e um bilhete de concerto – o mesmo terá de ser adquirido antes da experiência, não fosse este um espetáculo onde também se janta.

A carta apresenta-se com  três estradas frias onde respiram com orgulho nacional uma perdiz de escabeche, um atum confitado com feijão-frade, um tártaro de novilho trufado, e uma santola recheada. Adorei todos. Nas entradas quentes há ordem para provar os croquetes de rabo de boi, um suculento camarão salteado com alho e malagueta, um foie gras com emulsão de mostarda trufada e uma bem típica alheira de Mirandela DOP assada, com direito a um com ovo de codorniz estrelado. Nos pratos principais, abra alas a um bacalhau à Brás com azeitona galega, a um arroz de cogumelos selvagens, a um arroz de marisco, a um leitão assado com molho de pimenta e batata frita, ou a um o bife do lombo com batata frita às rodelas e molho trufado. Nas sobremesas perca-se pela história do toucinho do céu, um pudim Abade de Priscos, um pastel de nata quentinho ou com umas farófias com raspa de limão.

The space is one of the most romantic and welcoming that I have seen in Lisbon recently, ideal for hosting the very well put together set menu. Costing € 75 per person, without drinks  (don’t forget that you are paying for  dinner and a show) it must be booked in advance,  this being a show where you also dine.

The menu is introduced with four cold starters: marinated partridge , a tuna confit with black-eyed peas, a truffled veal tartar, and a dressed crab, all oozing national pride. I loved them all. From the warm starters, you are urged to try the oxtail croquettes, a succulent prawn sautéed with garlic and chilli,  foie gras with truffled mustard emulsion and a very traditional roast Mirandela DOP sausage, including one with a boiled quail egg. For the main dishes, from the wings comes a Bacalhau à Brás (salt cod) with Galician olives, a wild mushroom rice, a seafood rice, roast suckling pig with pepper sauce and fries, or a fillet steak with round-sliced fries ​​and truffled sauce. For desserts, lose yourself in history with ‘Bacon from Heaven’, an ‘Abade de Prisco’ pudding, a warm custard tart or soft meringues with a little lemon zest.

Pin it
Pin it
Pin it
Pin it
Pin it
Pin it
Pin it

Como visitei o espaço no dia de abertura tive direito a tudo e desde já agradeço em nome de Lisboa, o conceito tão completo e que elogiará o espírito de tertúlia noite dentro. Ao lado dos meus queridos Hot Jazz e o Snob, este  – tenho a certeza – será um dos melhores cartões de visitas nocturnos da cidade. Não apenas pela excelência a que o chef José Avillez sempre nos habituou, mas pela ideia genial de juntar a gastronomia portuguesa com dois artistas tão queridos na nossa praça, ainda por cima, a gerir um palco onde vão passar tantos dos seus convidados e amigos de nomes sonantes.

E se na inauguração se falou até do Woody Allen – ver nos videos que deixo no link dos stories do Instagram no final do artigo – de uma coisa é certa, esta é uma “sala de jantar – concerto” que elogia com grande autenticidade e genuinidade, um dos bairros que mais carisma perdeu nas ultimas décadas. E porque sou uma perfeccionista, só faltou mesmo trazerem-me no café as minhas queridas farripas de laranja, desaparecidas pela minha tão querida Casa Pereira. Era perfeito não era?

E acabo a partilhar que ao clicar nas categorias deste post tive de activar “Culture & Arts”, “Eat & Drink” e “Portugal Brand”. É deste tipo de projectos que Portugal precisa mais que nunca, minhas Senhoras e mais Senhores. Autenticidade e genuinidade, hoje e sempre.

As I visited on the opening day, I was treated to everything and in the name of Lisbon, I give thanks for this concept so complete, and that will complement the spirit of socializing all night. Along with my beloved Hot Jazz and Snob, this, I’m sure, will be one of the best night spots in the city. Not only for the excellence that chef José Avillez has always accustomed us to, but for the brilliant idea of ​​bringing Portuguese gastronomy together with two artists so cherished in our neighbourhood. And, to top it off, offering a stage for so many of their guests and big-name friends.

And if at the inauguration there was even talk of Woody Allen  (see the videos in the Instagram stories link at the end of this article) one thing is for sure, this is a “concert – dining room” that authentically and genuinely elevates one of the neighbourhoods that has most lost charisma in recent decades. And because I am a perfectionist, all I really needed was to bring my beloved chocolate coated orange peel for the coffee. Now sadly no more after the demise of by my beloved Casa Pereira. Wouldn’t that have been perfect?

And I end here sharing with you that when clicking on the categories in this post I had to activate “Culture & Arts”, “Eat & Drink” and “Portugal Brand”. It is this type of project that Portugal needs more than ever, Ladies and Gentlemen. Authenticity and genuineness, today and always.

Pin it
Pin it
Pin it
Pin it
Pin it
Pin it

Esta experiência nos Stories do Instagram aqui // This experience Stories of Instagram here

O que adorei
O conforto e a intimidade do espaço.
O que melhorava
Nada a declarar.

What I loved 
The comfort and intimacy of the space.
What could improved
Nothing to add. :-)

Canto
Largo de São Carlos, 10 Lisboa
+351 935 051 257
website . facebook . instagram

Para me seguir no instagram procure Sancha.Co
To follow me on instagram find Sancha.Co

© photos Grupo Avillez e Sancha.Co